Vereador Robson de Souza quer saber se Prefeitura Municipal está desenvolvendo projeto paralelo para acolhidos do Programa Abrigo Provisório

Foto.jpg

O vereador trirriense Robson Souza usou a tribuna na reunião ordinária da Câmara Municipal da última terça-feira, dia 08, para falar sobre o projeto adotado pelo Poder Executivo que beneficia moradores em estado de rua. A intenção do vereador é saber qual projeto paralelo está sendo realizado para reconduzir os acolhidos para a sociedade e suas respectivas famílias.

“Estamos vendo que o Governo Municipal está pegando uma comunidade sadia fisicamente, e acolhendo, mas não vemos um trabalho paralelo sendo desenvolvido. Recolher para simplesmente tirar das ruas, não é o correto. Tem que haver um trabalho que permita que todos sejam reconduzidos à sociedade, suas famílias, suas cidades de origem. Com este assistencialismo, a prefeitura só aumenta seus gastos, mas não obtém resultado permanente”, justificou o vereador.

Ainda de acordo com o vereador, o Governo Municipal precisa explicar quais os próximos passos do Projeto Abrigo Provisório, para resolver este problema, tendo em vista que o número de moradores em estado de rua está aumentando no município.

Sobre o projeto: No mês passado, o Governo Municipal inaugurou o Abrigo Provisório, onde os moradores em estado de rua tem um local para fazer a higiene pessoal, jantar, dormir e ter momentos de lazer. Sob os cuidados das Secretarias de Promoção Social e Saúde, o funcionamento do abrigo, que fica na Rua da Maçonaria – em frente ao Posto de Saúde Central, é das 19h às 7h, todos os dias. A intenção do Poder Executivo é retirar estas pessoas da rua, dando dignidade ao ser humano.