Vereador Juarez da Saúde solicita atenção para processo de individualização dos hidrômetros nos condomínios residenciais

Juarez-de-Souza.jpg

Um dos autores do projeto de lei que deu origem à Lei nº 4.500/2018, vereador Juarez de Souza (Juarez da Saúde), encaminhou ofício ao chefe do Poder Executivo, Josimar Salles, solicitando o cumprimento da mesma.

“Hoje recai sobre os condomínios a obrigatoriedade de arcar com os custos ao Saaetri, mesmo das unidades que estejam inadimplentes. O objetivo da lei foi que a partir dela cada condômino pague a sua água diretamente a autarquia. Através do documento, solicitei que o atendimento aos representantes e/ou aos usuários sejam agilizados para facilitar o cumprimento da lei municipal, que vai contribuir para melhorar as contas dos condomínios que andam na maioria dos casos combalidas, levando a demissão de funcionários aumentando a parcela de desemprego na cidade”, disse o vereador Juarez da Saúde.

De acordo com o representante do Poder Legislativo, síndicos e administradoras de condomínios relataram dificuldades para providenciar a instalação individual dos hidrômetros, o que vem acarretando uma série de transtornos aos proprietários.

O projeto de lei foi aprovado por unanimidade na Câmara de Vereadores de Três Rios em abril, sancionado em maio, e o Poder Executivo teve 120 dias para se adequar às exigências da lei.  Lembrando que, cabe ao Saaetri (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Três Rios) realizar a medição, registro e cobrança individual, dos prédios que já tenham hidrômetros individualizados por apartamentos.

As novas construções, no entanto, já deverão contar com sistema de medição individual e a cobrança por parte do Saaetri.