Rogério Camarinho participa de Conselho Comunitário de Segurança Escolar para debater situação nas escolas trirrienses

Foto-1-2.jpeg

Chefe do Poder Legislativo ouviu demandas das representantes das instituições e vai em busca de melhorias

Nesta sexta-feira, dia 25, o presidente da Câmara de Vereadores de Três Rios, Rogério Camarinho, participou da reunião mensal do Conselho Comunitário de Segurança Escolar. O encontro realizado pelo comandante do 38º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Soliva – juntamente com sua equipe e diretores das escolas públicas do município, contou também com a participação do secretário de Ordem Pública e Políticas Antidrogas, Luciano Soares; e da conselheira tutelar Elaine Esteves.

“Este encontro foi importante para tratarmos de medidas preventivas e de combate à criminalidade e drogas no ambiente escolar. Ouvimos demandas importantes das representantes das escolas e vou encaminhar ofícios solicitando que as situações sejam solucionadas. São medidas simples, mas que farão a diferença no dia-a-dia dos alunos e profissionais da educação”, resumiu o chefe do Poder Legislativo, Rogério Camarinho.

O presidente da Câmara de Vereadores de Três Rios ainda comentou a atuação rápida e eficaz da Guarda Civil Municipal e das Polícias, Civil e Militar. “A Guarda Civil Municipal, coordenada pelo secretário Luciano e a comandante da GCM Edilaine Juvenal, tem desempenhado um trabalho exemplar. Assim como as polícias, Civil e Militar, que tem dado respostas instantâneas à comunidade. Essa integração entre agentes de segurança pública e representantes das escolas é muito importante e sadia, e contribui para um ambiente saudável e positivo para a ampliação do conhecimento.”, parabenizou Rogério Camarinho.

Representando a Rede Estadual de Educação estiveram as diretoras do Colégio Moacyr Padilha, Walmir Peçanha, Instituto de Educação e Ciep Marco Polo. Esta última unidade escolar, inclusive, possui mais de 700 alunos e no último ano, conseguiu a aprovação de 35 alunos na universidade. “Precisamos garantir que o ambiente seja seguro para mantermos esses números e até aumentarmos. O ambiente escolar não pode ficar instável pela insegurança de violência e drogas”, finalizou o presidente da Câmara de Vereadores de Três Rios.