Projeto IPTU Verde em Três Rios deverá ser votado na Câmara de Vereadores

foto.jpeg

Projeto de autoria do vereador Clecinho em coautoria do vereador Telmo Cardoso tem como objetivo incentivar medidas sustentáveis no município

Os vereadores Clécius Silva de Sousa (Clecinho) e Telmo Cardoso encaminharam ofício ao prefeito Josimar Salles, solicitando informações para implantação do Projeto IPTU Verde em Três Rios.

De acordo com os vereadores, o objetivo é conceder descontos para empreendimentos imobiliários residenciais, comerciais ou institucionais que adotem ações e práticas de sustentabilidade nas construções. Dentre as medidas contempladas estão: captação de água de chuva, reúso de água, disposição de áreas verdes de acordo com a extensão do imóvel, separação de resíduos sólidos, utilização de energia passiva e instalação de telhado verde.

O vereador Clecinho, inclusive, apresentou projeto semelhante em 2015, o qual foi aprovado na Casa Legislativa, mas vetado pelo Poder Executivo. “Estou reapresentando o projeto, agora com a coautoria do vereador Telmo Cardoso, devido a importância desse projeto. Com certeza será muito interessante para o município, porque vai fomentar o segmento da construção civil já que concede desconto e incentiva medidas de preservação ao meio ambiente. Estamos num tempo em que a questão ambiental está sendo muito analisada, e essa é mais uma possibilidade de o Poder Público contribuir”, defendeu o vereador, integrante da Comissão Permanente de Saúde e Meio Ambiente da Câmara de Vereadores de Três Rios.

No Brasil, o IPTU Verde tem ganhado espaço. São mais de 65 municípios com mais de 200 mil habitantes que adotaram a prática de incentivo às soluções sustentáveis. “Outros municípios do nosso estado já concedem o incentivo como Petrópolis, Niterói e Seropédica. Esse projeto incentiva a conscientização ambiental gerando economia para quem adota, e também para o governo”, disse o vereador Telmo Cardoso.

Caso seja o projeto seja aprovado e sancionado, a lei passará a vigorar no início de 2021.