Projeto de lei regulamenta ruídos excessivos nos canos de descargas das motos

Mesa-diretora2.jpg

Autor do projeto, vereador Clecinho, tem objetivo de amenizar barulhos excessivos que atrapalham autistas, idosos e portadores de deficiências auditivas

 

Os motociclistas que transitam pelas ruas de Três Rios com emissão de ruídos excessivos, poderão ser penalizados. É o que prevê o projeto de lei de autoria do vereador Clécius Silva de Sousa (Clecinho), aprovado por unanimidade na última terça-feira, dia 14, e encaminhado ao Poder Executivo para ser sancionado.

“Cada vez mais, chegam reclamações de pessoas que não conseguem dormir, não conseguem conversar por causa dos motociclistas que tiram os escapamentos das motocicletas e fazem muito barulhos. São relatos que prejudicam idosos, crianças recém-nascidas e muitas pessoas que precisam acordar cedo no dia seguinte para trabalhar. Curiosamente, as ocorrências são registradas à noite”, justificou o autor do projeto de lei, vereador Clecinho.

 

Os vereadores presentes na reunião elogiaram a iniciativa do vereador. Importante ressaltar que de acordo com o Conama (Conselho Nacional do Meio Ambinete) é determinado que as motocicletas fabricadas até 1998 podem emitir, no máximo, 99 decibéis; já os modelos mais novos, os níveis ficam entre 75 e 80 decibéis, conforme a cilindrada do veículo.