Projeto de lei aprovado na Câmara de Vereadores de Três Rios proíbe oferta de embutidos na merenda escolar

Foto.jpg

Autor do projeto, vereador Clecinho, quer estimular alimentação saudável nas escolas municipais

Na última terça-feira, dia 08, foi aprovado por unanimidade o projeto de lei de autoria do vereador Clécius Silva de Sousa (Clecinho) que proíbe a oferta de embutidos na merenda das creches e escolas da Rede Municipal de Ensino.

São considerados embutidos: salsicha, linguiça, mortadela, presunto, salame, dentre outros. “Esses alimentos à base de carne, conhecidos como embutidos, foram inventados para facilitar as preparações e aumentar o prazo de validade. O problema é que eles possuem maior teor de gordura saturada em relação à carne natural, estimula o aumento dos níveis de colesterol e eleva a probabilidade de sofrer um derrame ou infarto. São cheios de sódio e corantes e podem desencadear alergias e problemas no estômago. Ou seja, nada recomendado para ser oferecido aos estudantes”, justificou o vereador Clecinho.

Ainda para justificar o projeto, o vereador mencionou uma recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS). “A OMS já emitiu um comunicado afirmando que o consumo excessivo de embutidos aumenta o risco de desenvolvimento de alguns tipos de câncer, especialmente o câncer colorretal. O relatório da Organização Mundial de Saúde concluiu que 50g desse tipo de alimento consumido diariamente – ou seja, quatro fatias de presunto ou uma salsinha – aumentam em 18% a chance de desenvolvimento do câncer”, informou o vereador.

O projeto foi encaminhado ao Poder Executivo para ser sancionado pelo prefeito Josimar Salles.