Laboratórios públicos e particulares deverão informar à Vigilância Epidemiológica sobre casos de dengue, zika e chikungunya

Foto.jpeg

 

A Câmara de Vereadores de Três Rios aprovou na última quinta-feira, dia 29, o projeto de lei do vereador Josimar Ribeiro Alves (Zimar), alterando o primeiro artigo da Lei 4.265/2015, determinando que os laboratórios públicos e particulares informem à Vigilância Epidemiológica do município sobre os resultados positivos de dengue, zika vírus e chikungunya.

A intenção do vereador, que também é funcionário do Setor de Epidemiologia do município, é que os agentes de saúde possam traçar uma rota das localidades com mais índices de infestação. “Com a notificação destes casos por todos os laboratórios, vamos poder traçar um planejamento de ações de combate e controle ao mosquito transmissor destas doenças que tanto tem causado preocupação. Estamos perto do verão, período onde acontecem a proliferação do mosquito e atuar em áreas específicas vai contribuir para a melhoria do resultado”, justificou o vereador Zimar.

O projeto foi aprovado por unanimidade. Os vereadores elogiaram a modificação, a qual possibilitará identificar os pontos mais críticos e evitar surtos da doença. De acordo com o Ministério da Saúde, até abril deste ano foram notificados 101.863 casos de dengue no Brasil, 29.675 e chikungunya e 2.985 de zika.