Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores alerta para risco de dengue no verão

Vereador-Rafael-Brasiel.jpg

Caem números de infectados pelo mosquito aedes aegypti, mas prevenção precisa ser intensificada neste verão

A Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores de Três Rios alerta à população trirriense para os riscos da proliferação do mosquito transmissor da dengue, aedes aegypti, no período do verão.

“O mosquito Aedes aegypti se reproduz o ano todo, mas é durante o verão que ele se prolifera ainda mais por causa das constantes chuvas e calor, condições que o mosquito adora. Por isso, é necessário redobrar os cuidados não só no quintal, onde muitas vezes são deixados expostos ao tempo e se tornar criadouros do mosquito. É importante também fazer vistorias dentro de casa, onde pode haver depósitos de água parada que passam despercebidos, como o reservatório que fica atrás da geladeira e sanitários da área de serviço”, resumiu o presidente da Comissão de Saúde, o médico e vereador Rafael Brasiel.

A participação da população nesse processo é fundamental. Nenhum poder público pode enfrentar sozinho a eliminação dos focos do mosquito transmissor, Aedes Aegypti. O cuidado dever ser constante, em especial a eliminação de locais com água parada e criadouros com mosquito.

“Conseguimos reduzir em mais de 80%, os registros de dengue, zika e chicungunha no último ano e precisamos trabalhar para que os números caiam ainda mais. Com medidas simples e diárias conseguimos evitar a proliferação do mosquito transmissor. É importante a participação de toda sociedade”, defendeu o presidente da Câmara de Vereadores de Três Rios, Nilcélio Sá.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, em 2017, foram notificados 9.612 casos suspeitos de dengue, 2.363 de zika e 3.962 de chicungunha. Uma redução média de 88%.

Dicas para evitar a proliferação do mosquito:

  • Mantenha fechadas as tampas de vasos sanitários e de ralos pouco usados, como os de áreas de serviço e de lazer, que tenham a possibilidade de acumular água;
  • Se for viajar, feche também os ralos dos banheiros e a tampa dos vasos sanitários;
  • Mantenha o quintal sempre limpo, jogando fora o que não é utilizado;
  • Deixe o quintal sempre bem varrido, eliminando recipientes que possam acumular água, como tampinha de garrafa, folhas, sacolas plásticas etc.
  • Tampe tonéis, caixas d’água e qualquer tipo de recipiente que possa reservar água;
  • Certifique-se de que as lonas de cobertura estejam bem esticadas para não haver acúmulo de água;
  • Não deixe acumular água nos vasos de plantas;
  • Mantenha a bandeja que fica atrás da geladeira limpa e sem água;
  • Coloque garrafas vazias de cabeça para baixo;
  • Se por algum motivo tiver pneus no quintal, mantenha-os secos e abrigue-os em local coberto, ou descarte-os corretamente se não tiverem utilidade;
  • Escove bem as bordas dos recipientes (vasilha de água e comida de animais, vasos de plantas, tonéis, caixas d’água) e mantenha-os sempre limpos.
  • Antes de viajar, tire a água dos vasos de plantas e guarde a vasilha de água e de comida dos animais de estimação.
  • Lembrando que o mosquito leva de oito a dez dias para se desenvolver, por isso é importante fazer vistorias em casa e no quintal em dias fixos da semana.