Comandante do 38º Batalhão da Polícia Militar participa de audiência na Câmara de Vereadores

Comandante-no-Batalhão.jpg

O comandante do 38º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Márcio Guimarães participou na última quinta-feira, dia 18, de uma audiência pública na Câmara de Vereadores de Três Rios, onde falou sobre os resultados obtidos nos últimos anos, assim como projetos desenvolvidos pela Polícia Militar.

O encontro foi solicitado pelo vereador Juarez de Souza, presidente da Comissão Permanente de Gestão Participativa e contou com a participação dos vereadores: Fabiano Oliveira, Robson Souza, Clécius Silva de Sousa (Clecinho), Telmo Cardoso, Isaías de Oliveira, Josimar Ribeiro Alves (Zimar), Luiz Alberto Barbosa, Jonas Mascarenhas Macedo (Jonas Dico), Rozemar Duarte Neves (Guezo), Fabiano Oliveira, Rogério Camarinho e o presidente da Câmara de Vereadores, Nilcélio Sá.

“A audiência foi marcada para que possamos entender como funciona a distribuição do efetivo policial, os policiais que estão próximo da aposentadoria e as ações focadas na imunização da criminalidade. É uma oportunidade para conhecer o trabalho do 38º Batalhão e ajudar, dentro das nossas possibilidades, para a continuidade deste belíssimo trabalho”, explicou o presidente da Comissão Permanente, Juarez de Souza.

De acordo com o comandante, alguns fatores motivadores para o aumento dos pequenos furtos são: falta de iluminação, podas de árvores e falta de câmeras de monitoramento. Por isso, o tenente-coronel Márcio Guimarães afirmou contar com a ajuda dos vereadores para continuar insistindo na resolução deste problema junto ao Poder Executivo.

Outro fator, segundo o comandante, é o desemprego: nos últimos anos, o município registrou mais de três mil desempregados.

Veículos irregulares: Com as blitzes, a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro conseguiu retirar das ruas trirrienses aproximadamente 253 veículos irregulares, sendo que 90% são motocicletas.

Respondendo às perguntas dos vereadores, o tenente-coronel Márcio Guimarães, abordou questões como o baixo efetivo – devido aos afastamentos e aposentadorias dos militares – ações em áreas específicas e projetos sociais.

Dentre os projetos, estão: Mutirão do Bem, onde os policiais do serviço administrativo, vão para as ruas conversar com a população. Já foram realizadas ações no Purys, Habitat, e o próximo está programado para Morada do Sol. Guardiões da Vida Jovens, em que dois policiais percorrem as escolas realizando palestras para estudantes. Ainda neste projeto, 174 crianças e adolescentes envolvidos em atos infracionais são acompanhados pelos militares.

Guardiões da Vida – Maria da Penha: cerca de 400 casos de agressão contra a mulher são acompanhados por dois policiais. Acontecem visitas às residências semanalmente. A Escola de Pais, que conta com palestra e reuniões para os pais que as crianças estão com problemas comportamentais.

E o projeto que está saindo do papel, Fábrica de Campeões, onde crianças e adolescentes terão acesso a muaythai, jiu-jitsu, capoeira e treinamento físico. As aulas começarão nos próximos 60 dias.

“Esta proximidade do comandante do Batalhão com o Poder Legislativo é importante porque ele nos sinaliza. Embora estejamos passando por um momento difícil, os projetos estão em andamento”, disse Juarez.

Finalizando o encontro, o presidente da Câmara de Vereadores elogiou a iniciativa do vereador Juarez e os resultados obtidos pelo Batalhão. “O número de desempregados está grande e acaba resultando num aumento da criminalidade. Gostaria de agradecer ao empenho do comandante e toda sua equipe, pelos resultados obtidos mesmo neste período de dificuldade e por manter o efetivo motivado. Como representantes da população somos questionados o tempo todo em relação à segurança e levamos estas questões ao Batalhão, que não tem medido esforços para nos ajudar. A Câmara de Vereadores também está à disposição do 38º Batalhão para ajudá-los no que for preciso”, pontuou o Nilcélio Sá.