Câmara de Vereadores promove reunião com autoridades para discutir sobre aumento de usuários de drogas e moradores de rua

WhatsApp-Image-2017-03-31-at-15.41.00.jpeg

Preocupada com o aumento da violência, de usuários de drogas e do número de moradores de rua em Três Rios, a Câmara de Vereadores atendendo ao pedido do vereador Isaías de Oliveira, vai realizar na próxima quinta-feira, dia 06 de abril, uma reunião com representantes da sociedade para discutir o tema.

Além de tratar do número de ocorrências, que vem aumentando significativamente, os vereadores querem informações da Secretaria de Assistência Social, sobre o que será feito para ajudar e retirar os moradores da rua.

“Próximo ao camelódromo e viaduto, na Rua XV de Novembro, é notório o aumento de pessoas que ficam bebendo, utilizando drogas,xingando e sujando o espaço público. Não estão respeitando ao próximo, mas são pessoas que precisam de ajuda e nós queremos ouvir das autoridades competentes e responsáveis, quais projetos estão sendo elaborados para ajudá-los”, justificou o presidente da Comissão de Defesa da Criança, do Adolescente, da Juventude, do Idoso, Pessoas com Deficiência e das Políticas Antidrogas, Isaías de Oliveira.

Participarão do encontro que será realizado no plenário da Câmara Municipal – que fica na Avenida Ruy Barbosa, nº 176, Praça JK – a partir das 16h, o comandante do 38º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Márcio Guimarães; capitão do Corpo de Bombeiros, Vinícius Vilela; representantes do Conselho Tutelar, das Secretarias de Assistência Social e Saúde, Ministério Público, vereadores e o prefeito Josimar Salles.

“Acho muito importante a participação de todos nesta discussão porque é um assunto que afeta a todos. Temos que trabalhar para combater o aumento da violência e do consumo de drogas, ajudando estas pessoas e fazendo um trabalho sério de ressocialização. Como representantes da população, precisamos abordar temas como este e apoiar às autoridades”, disse o presidente da Câmara de Vereadores de Três Rios, Nilcélio Sá.

A reunião é aberta à população.