Câmara de Vereadores de Três Rios realiza primeira Tribuna Livre de 2017

Solange-Tribuna-Livre.jpg

Nesta terça-feira, dia 21, a Câmara de Vereadores de Três Rios realizou a primeira Tribuna Livre de 2017. O objetivo dos vereadores é dar voz à população trirriense e permitir que cada munícipe reivindique, opine, critique ou elogie algo na cidade. Na primeira Tribuna Livre presidida pelo vereador Nilcélio Sá, presidente da Câmara de Vereadores, três pessoas participaram e fizeram suas sugestões ao Poder Legislativo.

Abrindo a participação popular, a representante do Bairro Habitat, Solange Ribeiro, falou sobre a situação que o bairro está.

O professor Jorge Linck, professor de Esperanto, linguagem internacional criada para facilitar a comunicação entre os povos, falou sobre o centenário do criador da língua: LudwikLejzerZamenhof.

Na ocasião, Jorge que estava acompanhado dos integrantes da Associação de Esperanto de Três Rios, solicitou uma ajuda ao Poder Legislativo para que o Governo Municipal disponibilize um espaço para que a Associação possa estimular a prática da língua, de forma gratuita. “A intenção da Associação de Esperanto de Três Rios é ensinar à população, além de palestras educacionais. Queremos contribuir para a formação do ser humano e contamos com a ajuda de todos vocês”, defendeu Jorge Linck.

Fechando a participação popular na Tribuna Livre, Carlos Henrique Kappler Cleveland falou sobre a taxa cobrada pelo Saaetri (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Três Rios), referente ao tratamento de esgoto. “Na verdade esta taxa é irregular e gostaria que os vereadores acompanhassem esta situação. O nosso fornecimento é ruim e o esgoto não é tratado, embora paguemos por isso. Então venho aqui reivindicar a suspensão da cobrança da taxa de esgoto de Três Rios”, disse.

Em relação à cobrança da taxa de esgoto, o vereador Rafael Brasiel, tem acompanhado por muitos anos esta situação, inclusive conversando com tributaristas, e foi informado que o Poder Legislativo não tem competência para modificar esta cobrança. “O que pode ser feito é o prefeito da cidade mudar este imposto. Tenho acompanhado, como parte interessada, este processo que corre na Justiça. Os vereadores não conseguem mudar a cobrança desta taxa.”, resumiu.

Satisfeito com a participação da população trirriense, o presidente da Câmara de Vereadores, Nilcélio Sá, agradeceu aos inscritos para a Tribuna Livre e informou que a próxima acontece na última semana de março. Em relação às reivindicações, Nilcélio solicitou uma cópia dos requerimentos e garantiu que, na medida do possível, fará contato com o setor responsável pedindo atenção para a situação.

Os interessados em participar, devem se inscrever pelo telefone (24) 2251-5100, a partir das 12h.