Auxiliares de saúde bucal buscam apoio para enquadramento da classe

Foto-1.jpeg

Presidente do Sindicato dos Servidores Públicos, Ricardo Webster; presidente da Câmara de Vereadores, Nilcélio Sá e representantes da Comissão de implantação do Plano de Cargos e Salários buscam melhorias para a lei

Nesta quinta-feira, dia 07, o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Três Rios, Ricardo Webster, o presidente da Câmara de Vereadores, Nilcélio Sá e representantes da Comissão de implantação do Plano de Cargos e Salários, reuniram-se com auxiliares de saúde bucal, para buscar solução para o enquadramento da classe.

Os profissionais questionam que, embora tenham feito concurso público para o Nível Médio, a classe tem sido remunerada como Ensino Fundamental. “Na verdade, esta situação acontece em vários cargos do novo plano de carreira. O encontro foi para buscarmos este enquadramento, para que as auxiliares não fiquem prejudicadas financeiramente”, justificou o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos.

Ainda de acordo com Ricardo Webster, os representantes da Comissão de Implantação do Plano de Cargos e Salários afirmaram que o Ibam (Instituto Brasileiro de Administração Municipal) foi o responsável pela análise e enquadramento dos servidores.

“Sugeri, juntamente com o Ricardo, presidente do Sindicato, que vem representando muito bem os servidores públicos, que fosse feita a revisão geral no critério de enquadramento dos cargos, aproveitando a revisão prevista na lei do Plano de Cargos e Salários. A escolaridade exigida no concurso precisa ser respeitada”, ponderou o presidente da Casa Legislativa.

Ricardo ainda complementou afirmando que o grupo que analisará o plano e ficará responsável por sugerir as mudanças, vai iniciar o levantamento ainda este mês. Após o levantamento, o prefeito Josimar Salles, receberá o ofício com as sugestões de adequações.

O encontro aconteceu na sede do sindicato – Rua Quatorze de Novembro, nº 386, Centro.